Secretaria da Fazenda identifica depósito clandestino de queijo muçarela em Fortaleza

Secretaria da Fazenda identifica depósito clandestino de queijo muçarela em Fortaleza


Cerca de 50 toneladas de queijo muçarela foram encontrados em um depósito clandestino em Fortaleza. A ação foi realizada pela Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz) a partir de apuração da área de inteligência da pasta.

Segundo os auditores da Sefaz, o produto estava armazenado em câmaras frigoríficas, mas não tinha nota fiscal. 

Segundo a secretária da Fazenda, Fernanda Pacobahyba, a operação busca combater a fraude fiscal, inibir a concorrência desleal e proteger a saúde coletiva. Como a fiscalização continua, ainda não se sabe o montante de crédito tributário recuperado para o Ceará. A ação é parte de um trabalho de inteligência dirigido às empresas produtoras de queijo muçarela. Há registros de sonegação no setor.

A secretária disse que a investigação da pasta indicou que o queijo é oriundo dos estados do Piauí, Tocantins e Pará.

A qualidade dos queijos deve ser analisada por técnicos da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) nesta sexta-feira (22).

Diário do Nordeste