Abrasel Ceará fala em “surpresa” após decreto que reduz horário de funcionamento de restaurantes

Abrasel Ceará fala em “surpresa” após decreto que reduz horário de funcionamento de restaurantes


A Abrasel Ceará se posicionou após o governador Camilo Santana informar que a nesta a partir desta quarta-feira, 3 os restaurantes e estabelecimentos de alimentação terão horário diferenciado. A medida se deve ao aumento de casos de COVID-19 no Estado.

“Por ineficiência do Estado em criar medidas preventivas, em fiscalizar setores que descumprem as orientações sanitárias, o Governo lança a conta para o trabalhador pagar sozinho, sem nenhuma contrapartida que garanta a sobrevivência das empresas e empregos”, disparou a entidade em nota.

Abaixo, a nota da Abrasel

O setor de Alimentação Fora do Lar rechaça firmemente o anúncio feito pelo Governo do Estado nesta terça-feira (02), que pegou totalmente de surpresa os milhares de empregadores, afetando, inclusive, os empregados e suas famílias. A Abrasel considera esta medida um retorno à fase mais severa do lockdown, uma vez que o funcionamento até às 20 horas inviabiliza o serviço noturno dos estabelecimentos. Por ineficiência do Estado em criar medidas preventivas, em fiscalizar setores que descumprem as orientações sanitárias, o Governo lança a conta para o trabalhador pagar sozinho, sem nenhuma contrapartida que garanta a sobrevivência das empresas e empregos. A Abrasel apresentou há quase cinco meses, sem resposta até o momento, pedido por meio judicial, para que seja apresentado plano de retomada com critérios específicos para cada fase de reabertura. Ao contrário disso, recebe mais uma vez um anúncio que, além de não estar se mostrando efetivo para a saúde pública até o momento, ainda resultará na morte de mais empresas.”


Focus.jor