Aulas nas escolas estaduais de Santa Quitéria retornam nesta segunda (01) de forma remota

Aulas nas escolas estaduais de Santa Quitéria retornam nesta segunda (01) de forma remota


As escolas estaduais de Santa Quitéria retornaram nesta segunda-feira (01) com aulas remotas. De acordo com a Portaria N º 57/2021, o retorno às aulas ocorrerá de forma híbrida ou remota, observando-se as condições sanitárias existentes. A adoção do modelo híbrido, que oferta atividades presenciais e remotas, ocorrerá por adesão das unidades de ensino.

O diretor da Escola Aracy Magalhães Martins, Das Chagas, pontuou a dificuldade de iniciar mais um ano letivo em formato remoto – 100% online – principalmente em relação a frequência dos alunos, já que nem todos possuem celular ou internet em suas residências. 

Durante o primeiro dia, Das Chagas informou que no período diurno, contabilizou uma frequência de 70% alunos. O diretor ainda disse que está retornando de forma virtual, devido ao aumento de casos de Covid-19 em Santa Quitéria. Por fim, ressaltou que é de grande importância a participação dos pais nessa nova etapa de ensino. 

“A gente tende e busca mais uma vez estreitar os laços família e escola, principalmente durante a pandemia. Os pais têm compreendido e entendem que não é o momento certo para retorno, já que o nosso objetivo é a segurança e a saúde de todos. Nós queremos que os pais mesmo dentro desse cenário nos ajudem neste sentido, muitos trabalham o dia todo e as vezes não acompanham os filhos. É necessário a escola e família, para mostrar que apesar de não ser presencial, dá para aprender”, disse Das Chagas. 

A Escola EEEP Monsenhor Luis Ximenes Freire segue os mesmos passos em relação as aulas remotas. A Diretora Antônia Gisela Magalhães Araújo, contabilizou mais de 500 alunos matriculados na profissionalizante que terão de se adaptar em mais um semestre de forma remota. Entretanto, a diretora ressaltou que estão trabalhando em um planejamento para ser implantado o ensino híbrido, mas que tudo vai depender do contexto sanitário do município de Santa Quitéria. 

“O ano letivo 2020 não foi como esperávamos, foi um ano bem atípico, mas nós vencemos muitos obstáculos na corrida pedagógica e na busca ativa dos nossos estudantes. A expectativa é que 2021 seja bem melhor, pois ainda estamos em contexto de pandemia e precisamos manter todos os cuidados em relação à segurança sanitária, na preservação da vida dos alunos, professores, gestores e dos pais”, pontuou Gisela.