Camilo suspende funcionamento de estabelecimentos não essenciais a partir de 20h em Fortaleza

Camilo suspende funcionamento de estabelecimentos não essenciais a partir de 20h em Fortaleza


O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta terça-feira (2), que estabelecimentos comerciais que oferecem atividades econômicas não essenciais em Fortaleza só poderão funcionar até 20h, de segunda a sexta, durante os próximos 15 dias. A reabertura será permitida às 6h do dia seguinte. A decisão passa a valer nesta quarta-feira (3).

O motivo, de acordo com o governador, é o aumento de casos confirmados da Covid-19 e devido à suspeita da nova variante do coronavírus no Estado. O objetivo, frisou Camilo Santana, é "evitar atividades lúdicas, festas, aglomerações, evitar que as pessoas se divirtam do ponto de vista noturno" na rua.

Às sextas-feiras e aos fins de semana, os restaurantes da Capital só poderão funcionar até as 15h para serviço de almoço presencial, mas poderão fazer delivery em outros horários. Serviços essenciais, como farmácias, não serão afetados.

O chefe do Executivo estadual informou que, devido ao aumento de casos confirmados, decidiu encaminhar para a Assembleia Legislativa projeto de lei para prorrogar o estado de calamidade em saúde pública por mais seis meses no Estado.

Diário do Nordeste