Ceará tem chuva intensa em quatro regiões; Crateús registra 200 mm

Ceará tem chuva intensa em quatro regiões; Crateús registra 200 mm


As regiões do Sertão Central e Inhamuns, Ibiapaba, Litoral Norte, Cariri e Centro-Sul do Ceará tiveram chuvas intensas entre as 7h de segunda-feira (15) e as 7h desta terça-feira (16), conforme balanço da  Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) de 8h50. Segundo dados atualizados às 9h40, pelo menos 113 municípios registraram chuvas, sendo 78 com precipitações acima de 50 milímetros.  

Crateús registrou a maior precipitação de 2021, com chuvas acima de 100 mm em quatro postos: Santa Terezinha (200 mm), Belém (170 mm), Tucuns (110 mm) e Irapuá (101.6 mm).

Também no Sertão Central e Inhamuns, Quiterianópolis teve chuva de 170 mm e Pedra Branca, de 136 mm. Tauá registrou 130 mm.

Jati, no Cariri, registrou 167,6 mm no posto de Sítio Macapá e 148 mm no posto de Jati. Na mesma região, Milagres teve precipitação de 160,5  mm. Em Abaiara, a chuva foi de 135 mm.

Na Região da Ibiapaba, o volume de chuva se destacou em Ararendá (150 mm) e Mucambo (125 mm). 

No Litoral Norte, houve forte precipitação nas cidades de Granja (125 mm no posto Tiaia de Baixo e 99 mm no posto Timonha), Camocim (90 mm) e Cruz (81,3 mm). 

Conforme a Funceme, a tendência para a segunda semana de fevereiro é concentração das maiores chuvas nas macrorregiões de Ibiapaba, do Litoral Norte e Cariri. 

Diário do Nordeste