Com sistema de saúde no limite, Santa Quitéria atinge 2 mil casos de coronavírus

Com sistema de saúde no limite, Santa Quitéria atinge 2 mil casos de coronavírus


Santa Quitéria alcançou neste domingo (15), a marca de 2 mil casos confirmados de coronavírus desde o início da pandemia. Já são 321 dias no município, desde o primeiro registro e óbito contabilizado, em 30 de março do ano passado.

Os números da segunda onda tem saltado a cada dia e avançando de maneira mais agressiva. Somente ontem, foram 52 novos diagnósticos positivos. A quantidade de pessoas em isolamento domiciliar também chama a atenção. Na semana passada, mais de 160 quiterienses testaram positivo para a doença, além de três óbitos confirmados do distrito de Malhada Grande.

O sistema de saúde do município também já mostra os sinais de cansado e no limite. Neste domingo, a Prefeitura Municipal precisou abastecer cilindros de oxigênio na cidade de Sobral, em virtude da alta demanda e que já não era mais suficiente. De acordo com o diretor Domilson Monte, há dez cilindros grandes e outros sete pequenos para transferência de pacientes e com expectativa de chegarem mais ainda hoje.

O Hospital Municipal opera com sobrecarga de pacientes, tendo sete internados no local e pelo menos, outros seis quiterienses com quadros mais comprometidos estão em leitos em Sobral e Fortaleza. A expectativa é para que o Hospital de Campanha, que até então estava previsto para inaugurar na sexta-feira passada, possa dar início as suas operações a partir de hoje.

No dia de ontem, várias ocorrências de aglomerações foram registradas na zona rural do município, em rios, açudes e fazendas, com intenso trabalho da Polícia Militar que segue empenhada em coibir tais atos, mesmo que uma parcela da população ainda continue dando trabalho.