Idosos são enganados com falsa vacinação; prefeituras afastam profissionais

Idosos são enganados com falsa vacinação; prefeituras afastam profissionais


A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, investiga um caso de falsa aplicação da vacina contra a covid-19 em um idoso. Em um vídeo que circulou pelas redes sociais é possível ver o momento que a técnica de enfermagem injeta a seringa no braço e a retira sem aplicar a dose. O caso aconteceu na última sexta-feira (12), no drive-thru do campus da Universidade Federal Fluminense (UFF), no Gragoatá.

De acordo com a Prefeitura de Niterói, a profissional de saúde já foi identificada e afastada das atividades. Em nota, a secretaria do município informou ainda que "o fato está sendo apurado e as medidas cabíveis serão tomadas". Ainda segundo a SMS, além da auditoria que já ocorre diariamente no local de vacinação, uma nova inspeção foi feita e ficou constatado que "apenas uma seringa foi descartada com líquido".

Na região serrana também aconteceu um caso semelhante ao de Niterói. Uma idosa de 94 anos recebeu uma dose de ar ao invés da vacina de covid-19. Um vídeo feito por familiares mostra a profissional inserindo a seringa vazia no momento da aplicação.

A prefeitura confirmou o caso, que também aconteceu na última sexta-feira (12), em um posto montado em uma universidade da cidade. A idosa voltou ao posto no dia seguinte e foi devidamente vacinada, já a técnica de enfermagem responsável pela aplicação foi afastada e será ouvida ainda hoje em um procedimento interno.

UOL