Influencer Liliane Amorim morreu com infecção após perfuração no intestino, diz laudo

Influencer Liliane Amorim morreu com infecção após perfuração no intestino, diz laudo


Laudo feito pela Perícia Forense do Ceará (Pefoce) aponta que a morte da influenciadora Liliane Amorim aconteceu devido a uma infecção decorrente de perfuração no intestino. A informação é da advogada da família, Débora Araújo Alencar. A jovem de 26 anos, moradora de Juazeiro do Norte, morreu no dia 24 de janeiro após realizar uma cirurgia de lipoaspiração.

O laudo foi entregue à Polícia Civil nesta terça-feira (2). De acordo com Débora, a causa da morte foi uma "infecção generalizada decorrente de lesões puntiformes no intestino". Ela acrescenta que o documento, com cerca de 20 páginas, é "bem fundamentado" e indica a existência de três perfurações no órgão. Uma ultrassonografia havia constatado duas perfurações, nos intestinos grosso e delgado, de acordo com a família.

"Nós vamos acompanhar todo o trâmite do inquérito e, logo em seguida, com o relatório do delegado, o procedimento será encaminhado ao Ministério Público", afirma a advogada, acrescentando que a família entrará com uma ação de reparação de danos morais, pedindo indenização pelo ocorrido.

Débora esteve na delegacia para acompanhar o recebimento do laudo e afirmou que a família segue acompanhando o trâmite do inquérito. "Com o relatório do delegado, o procedimento será encaminhado ao Ministério Público para ser dado andamento ao processo criminal", citou.

O procedimento foi feito pelo médico-cirurgião plástico Benjamin Alencar. Segundo Débora, a expectativa é de que ele seja ouvido pela Polícia "até o fim da semana". Segundo a Secretaria da Segurança Pública, com o laudo, os policiais civis da Delegacia Regional do Crato seguem com as investigações. "Até o momento, 14 testemunhas já foram ouvidas e os depoimentos corroboram com as apurações da Polícia Civil. Outras testemunhas devem ser ouvidas até o final desta semana", diz nota da pasta.

Diário do Nordeste