Mãe é presa ao confessar ter queimado o filho 7 anos com água quente por tomar achocolatado

Mãe é presa ao confessar ter queimado o filho 7 anos com água quente por tomar achocolatado


Uma mulher foi presa nesta quinta-feira (18) por ter jogado água quente em uma das mãos do filho dela, de sete anos, por ele ter tomado todo o achocolatado que havia na casa, na cidade de Tailândia, no Pará. As informações são do UOL.

O caso aconteceu na última terça-feira (17), e revoltou profissionais de saúde do Hospital Regional, que informaram a Polícia Civil sobre o fato.

Na delegacia, Amanda Sousa Cruz, 22, teria confessado que jogou água quente no filho para castigar o menino, por ele ter tomado todo o achocolatado que havia na casa. "Ela disse que estava de 'cabeça quente' e que quando estava fazendo o leite da filha menor viu que não havia mais achocolatado, porque o menino tinha tomado. Disse que fez isso com intuito de castigá-lo", contou o delegado João Fagioli, que fez a prisão, em entrevista ao UOL.

A mulher foi presa em flagrante pelo crime de lesão corporal grave, cuja pena máxima pode chegar a quatro anos. Amanda Sousa também está sendo investigada pelo crime de maus tratos.

Um informação, no entanto, chamou atenção da Polícia Civil, segundo o delegado João Fagiolli: "no depoimento, a criança disse que os castigos físicos eram comuns".