Reunido com 170 prefeitos, Camilo Santana pede união em favor do toque de recolher no Ceará

Reunido com 170 prefeitos, Camilo Santana pede união em favor do toque de recolher no Ceará


O governador Camilo Santana (PT) reforçou, em reunião virtual com 170 prefeitos, nesta quinta-feira (18), que seja obedecido o toque de recolher das 22h às 5h, como determinado no último decreto estadual. Para isso, pediu união dos gestores. Ele também divulgou previsão de que, até o começo de abril, todos os idosos e pessoas vulneráveis estarão vacinadas no Ceará.  

"O objetivo dessa reunião é para alertar aos senhores e senhoras que o momento é grave e precisamos da cooperação de todos. As medidas que anunciamos ontem têm como objetivo reduzir a circulação de pessoas nas cidades, preservando a vida dos cearenses", citou o governador.  

Camilo deixou claro aos prefeitos que, de acordo com a necessidade de cada município, é possível que sejam adotadas medidas específicas. Os indicadores sanitários servirão de base para esse tipo de decisão.  

"Os números estão aumentando não apenas em Fortaleza, mas também no Interior [...] lembrem de colocar a atenção básica para atender a população nos primeiros dias de sintomas, para evitar que se agravem e precisem de uma UTI ou internação no hospital", apontou o governador. 

O governador tratou com os prefeitos também sobre o envio de novas doses de vacina para os estados. "Estamos recebendo as vacinas e imediatamente repassando aos municípios, mas ainda é muito pouco, por isso aguardamos que os envios de novos lotes e o calendário de vacinação prometido pelo ministério da saúde sejam cumpridos. Acreditamos que, até o final de março, começo de abril, conseguiremos vacinar todos os idosos, além dos mais vulneráveis em todo o Ceará", disse.  

Diário do Nordeste