Confira a programação de Bolsonaro no Ceará; Tianguá será primeira cidade a receber o presidente

Confira a programação de Bolsonaro no Ceará; Tianguá será primeira cidade a receber o presidente


A cidade de Tianguá, na região da Serra da Ibiapaba, será o primeiro destino do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). Daqui a pouco, o gestor irá participar da cerimônia de assinatura de três ordens de serviços para obras em rodovias federais no Estado, que ocorrerá no Polo de Lazer Regis Diniz.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Santos Filho, também estarão presentes.

O portal A Voz de Santa Quitéria foi credenciado junto ao Palácio do Planalto para fazer esta cobertura, no caso, a primeira vinda de Bolsonaro à região Norte do Estado. Os jornalistas Thiago Rodrigues e Josivânia Brito estarão no local, atualizando com transmissão ao vivo nas redes sociais e também no portal sobre a solenidade.

Após a cerimônia em Tianguá, a comitiva presidencial deve seguir para vistoriar as obras de duplicação da BR-222, no trecho que liga o município de Caucaia ao Porto do Pecém. Deputados federais, prefeito e apoiadores do presidente devem participar dos eventos. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão sendo deslocados para reforçar a segurança. A Polícia Federal (PF) e o Exército também devem dar apoio.

Obras paralisadas
As ordens de serviços que serão assinadas pelo presidente têm como foco a retomada das obras que estavam paralisadas no Estado. Dentre elas, a da Travessia Urbana de Tianguá, que engloba a duplicação de seis quilômetros da BR-222 na região da Serra da Ibiapaba, do Km 309,25 ao Km 315,8. O trecho é responsável por ligar Tianguá a Fortaleza, ao Piauí, ao Maranhão e a estados da região Norte do País.

Devido as obras paralisadas e de dois viadutos inacabados, o trecho que abrange a Travessia Urbana é considerado um dos mais perigosos da região. Ao todo, o investimento é de R$ 66,1 milhões.

Ainda na BR-222 será retomada a execução das obras remanescentes de restauração e melhoramentos do trecho compreendido entre o km 64,3 e o km 122,8 da rodovia, com a instalação de variantes na cidade de Umirim ao distrito de Frios. A medida busca redirecionar o tráfego de transporte de cargas, que encontra conflito com o transporte urbano do município, e eliminar trechos sinuosos, curvas acentuadas e passagens de nível perigosas.

O terceiro termo de serviço compreende obras remanescentes na BR-116 para a conclusão do viaduto que dá acesso ao município de Horizonte. Orçado em R$ 5,2 milhões, o trabalho deve eliminar um ponto crítico na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), permitindo o acesso à cidade e o retorno da rodovia federal aos motoristas que se locomovem pela rodovia.

Diário do Nordeste