Todos os vírus da Covid no mundo caberiam numa lata de refrigerante

Todos os vírus da Covid no mundo caberiam numa lata de refrigerante


Todos os vírus causadores da doença Covid-19 que circulam, neste momento, no mundo poderiam caber facilmente numa única lata de refrigerante. Os cálculos foram feitos por um matemático britânico para expor quanta devastação é causada por partículas de vírus minúsculas.

Recorrendo às taxas globais de novas infeções e estimativas da carga viral, Kit Yates, o especialista matemático da Bath University, percebeu que há cerca de dois quintiliões de partículas de vírus SARS-CoV-2 circulando no mundo.

Sobre os passos que tomou para fazer os cálculos, Kit disse ter usado o diâmetro do SARS-CoV-2 - que mede cerca de 100 nanômetros - e depois calculou o volume do vírus esférico.

Mesmo tendo em conta as proteínas 'espigadas' pelo novo coronavírus e o fato de que as partículas, por serem esféricas, iriam ter espaços entre si ao ficarem juntas, o total é na mesma menos do que uma lata de refrigerante (33cl).

"É surpreendente pensar que todos os problemas, a disrupção, as dificuldades e perda de vidas que ocorreram durante o último ano são causados por algo tão pequeno", disse o matemático em comunicado citado pela Reuters.