Auxílio emergencial: maior parte das pessoas vai receber R$ 150

Auxílio emergencial: maior parte das pessoas vai receber R$ 150


Quase metade do total e pessoas que recebeu o auxílio emergencial em 2020 deve receber o valor mínimo em 2021, indica matéria do Estado de São Paulo. Isso significa que cerca de 20 milhões, de um total de 46 milhões de beneficiários, devem ter parcelas de R$ 150.

A área técnica do governo desenhou a nova rodada prevendo um "piso" de R$ 150 mensais a famílias com apenas uma pessoa, um valor médio de R$ 250 e uma faixa mais elevada de R$ 375, para mulheres que são as únicas provedoras do lar.

Com isso, 16,7 milhões de famílias que possuem mais de um membro vão receber R$ 250. Já o maior valor, de R$ 375, deve ser pago a aproximadamente 9,3 milhões de mulheres que são as únicas provedoras de suas famílias. Previsto inicialmente para março, as parcelas do benefício devem ser pagas só em abril.

Apesar das informações terem vindo a público e os estudos já projetarem o impacto sobre o público-alvo do auxílio emergencial, o governo federal ainda não revelou os detalhes sobre os pagamentos. Isso só deve acontecer com o envio da Medida Provisória ao Congresso.

Estadão Conteúdo