Auxílio emergencial terá critérios de desempate entre pessoas da mesma família

Auxílio emergencial terá critérios de desempate entre pessoas da mesma família


Como a nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial, prevista para começar a ser paga em abril, terá apenas um beneficiário por família, o Governo Federal formulou critérios de desempate para saber quem vai receber o dinheiro em cada domicílio.

As regras estarão em decreto a ser publicado para regulamentar a Medida Provisória (MP) do auxílio, de acordo com informações do jornal O Globo. As mulheres terão prioridade no recebimento das parcelas, principalmente quando houver crianças na família.

Regras de desempate para receber o auxílio
  • Entre um homem e uma mulher, a prioridade será da mulher.
  • Uma mulher com crianças terá nível de prioridade ainda maior.
  • Entre duas mulheres da mesma família, a mais velha terá prioridade.
  • Caso as duas mulheres tenham a mesma idade, a escolhida será por ordem alfabética.

O retorno do benefício emergencial está previsto para abril. De acordo com o ministro da Cidadania, João Roma Neto, os primeiros pagamentos devem ser feitos no dia 6 de abril.