Bolsonaro diz que não pode decretar estado de sítio e que joga dentro da Constituição

Bolsonaro diz que não pode decretar estado de sítio e que joga dentro da Constituição


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a apoiadores, na noite desta terça-feira (30/3), que não é o responsável pela decretação de estado de sítio no país e que esse papel caberia ao Parlamento. Ele ainda ressaltou que, mesmo com uma eventual implementação da medida, o poder atribuído ao presidente da República seria limitado.

“Quando se fala em estado de sítio, o pessoal fala que eu… Eu não posso decretar, quem decreta é o Parlamento, não existe isso aí. E mesmo em estado de sítio, eu tenho limites e é para uma situação complicada, de distúrbio, de desordem de qualquer parte do Brasil”, disse, em conversa com apoiadores no retorno ao Palácio da Alvorada.

O mandatário disse estar jogando dentro da Constituição e, sem citar nomes, acusou outras autoridades de não estarem fazendo o mesmo. “Agora, não podem decretos municipais como dizem aqui simplesmente ir além do estado de sítio. Eu jogo dentro da Constituição. Agora, há algum tempo algumas autoridades não estão jogando no limite da Constituição”, prosseguiu.

Estadão Conteúdo