Ceará tem oxigênio suficiente, mas municípios enfrentam problema de fornecimento, diz Camilo Santana

Ceará tem oxigênio suficiente, mas municípios enfrentam problema de fornecimento, diz Camilo Santana


O governador Camilo Santana (PT) afirmou, na noite deste domingo (14), que todos as unidades de saúde do Ceará estão com suporte de oxigênio suficiente, mas que há problema de fornecimento em "muitos equipamentos municipais". O pronunciamento foi realizado por meio das redes sociais do gestor, após relatos de cidades cearenses enfrentando falta de oxigênio e leitos para pacientes com Covid-19.

"Não há falta de oxigênio no Ceará, mas problema na entrega dessas empresas para os municípios que as contrataram", destacou o chefe do Executivo estadual, atribuindo a falha a questões de logística das empresas contratadas para fornecer o insumo.

Camilo Santana também informou que embora os contratos sejam entre os municípios e as empresas, o Governo do Estado buscará ajudar no que for preciso para que o "problema seja resolvido de forma urgente" e a "população não fique sem assistência".

Diário do Nordeste