Com alerta altíssimo, Hidrolândia e Catunda não aderem ao lockdown; confira o por quê

Com alerta altíssimo, Hidrolândia e Catunda não aderem ao lockdown; confira o por quê


Com a grande parte dos municípios em vermelho para nível altíssimo de Covid-19, algumas cidades cearenses decidiram por não decretar o isolamento social completo, como foi o caso de Catunda e Hidrolândia. 

A prefeita Iris Martins (PDT) realizou uma live em suas redes sociais na noite de sexta-feira e informou que até o momento não irá decretar lockdown no município. Entretanto, a medida não está descartada, caso o contágio continue em alta. A gestora estava acompanhada do secretário municipal de Saúde, Luan Xavier. 

Ainda na live, Iris afirmou que Hidrolândia continuará obedecendo as determinações do Decreto Nº 19, de 26 de fevereiro, até a próxima quarta-feira (10), quando se reunirá com membros da gestão municipal para avaliar a situação do Covid-19 em todo o município.

Medidas que continuam em vigor em Hidrolândia:
  • Toque de recolher das 20h e 05h, de segunda a sexta-feira, e entre 19h e 05h, aos sábados e domingos;
  • Comércio de rua funciona de segunda a sexta-feira até as 17h. As outras atividades econômicas e as religiosas, até 19h;
  • Serviços essenciais podem funcionar após esse horário. No sábado e domingo, restaurantes funcionam até as 15h, e outras atividades econômicas e religiosas até as 17h;
  • Espaços públicos continuam com circulação restrita todos os dias a partir das 17h;
  • Igrejas devem realizar suas atividades com até 30% de sua capacidade, e estimular as celebrações de forma virtual;
  • Academias de ginástica devem funcionar com 30% de sua capacidade, devendo fazer o agendamento de horários para o devido cumprimento de todos os protocolos sanitários;
  • Seguem as barreiras sanitárias.

Também em live realizada através das redes sociais, a prefeita Ravenna Lima (PDT) explicou o motivo de Catunda não ter entrado em lockdown. De acordo com a gestora, o município está sim em nível altíssimo, porém, o risco de contaminação não é calculado apenas com casos positivados, mas sim, com base nas regiões e nas ocupações de UTIs e leitos de Sobral. 

Ravenna também disse que o aumento em Catunda foi considerável em apenas um distrito, o de Paraíso. Com essa alta de casos, o município intensificou as ações no local para diminuir o risco da proliferação da doença. 

“Catunda não adotou lockdown, porque os índices são avaliados nos casos de munícipios, região e ocupação dos leitos de Sobral. No nosso município, os positivados de Paraíso seguiram todas as orientações e se Deus quiser, o nosso índice irá cair nas próximas semanas”, orientou a prefeita.  

A gestora que afirmou concordar com o governador Camilo Santana, também informou que novas medidas entrarão em vigor a partir deste sábado (06). A fiscalização do Decreto 006/2021, ficará a cargo da Policia Militar e Vigilância Sanitária. 

Novas medidas em Catunda:
  • Horário de funcionamento do comércio, de domingo a domingo, das 06h às 17h.
  • Restaurantes e estabelecimentos de alimentação, de segunda à sexta até às 19h e aos sábados e domingos, até às 15h. 
  • Atividades religiosas de segunda à sexta até às 19h, e aos sábados e domingos se encerram às 17h
  • Toque de recolher não foi modificado. Durante a semana até às 22h e aos finais de semana, até às 19h
  • Delivery liberado. 
  • Estão suspensas as atividades de todos os ambulantes e feirantes vindos de outros municípios. 

Por fim, Ravenna ressaltou que não adianta as medidas rígidas, se não houve a conscientização da população. 

"Nesse momento Catunda não está necessitando do lockdown, então, vamos cumprir as medidas para não precisar fechar. Me solidarizo com todos, seja as mortes dos municípios vizinho, do nosso munícipio, do Brasil e do mundo. A gente tá falando aqui de perda de vidas". 

O Ceará registrou, até a tarde da última sexta-feira (05), 441.484 casos confirmados de Covid-19. Desde o início da pandemia, 11.642 pessoas já morreram em decorrência da doença. Houve sete registros de óbitos nas últimas 24 horas. As informações são do IntegraSUS, da Secretaria estadual da Saúde (Sesa), atualizado às 17h48.