Confusão com cilindros de oxigênio gera polêmica em Santa Quitéria

Confusão com cilindros de oxigênio gera polêmica em Santa Quitéria


Nesta sexta-feira (19), A Voz de Santa Quitéria recebeu inúmeras denúncias sobre um possível episódio que teria ocorrido no Hospital Municipal. As informações repassadas, afirmavam que os cilindros do município estavam sendo confiscados “sem motivo aparente”, pelo fornecedor de oxigênio e empresário Arnaldo Protásio, pai da vice-prefeita Dra. Lígia Protásio. Entretanto, as denúncias são falsas.

Em fala ao site, Arnaldo afirmou que jamais prejudicaria os pacientes que estão internados no Hospital de Campanha e que toda a confusão não passou de um mal-entendido. O pai da vice-prefeita alegou ter ido sim ao hospital atrás dos cilindros, mas para fazer a recarga de oxigênio para outros municípios, como Monsenhor Tabosa. Por fim, Arnaldo ressaltou que tem inúmeros cilindros no estoque de Santa Quitéria. 

Em nota emitida para o portal A Voz de Santa Quitéria, a comunicação da Prefeitura também afirmou ter sido um mal-entendido, além de reforçar o argumento de que foi apenas uma recarga de oxigênio já que todo o estoque de Arnaldo se encontra atualmente no Hospital de Campanha.  

Cilindros em Santa Quitéria 
Ainda nesta sexta-feira (19), o município recebeu a doação de 05 cilindros de oxigênio para o Hospital e dois meses de aluguel de mais 06 cilindros, através da Campanha Amigos do Bem. A iniciativa começou no último sábado (13) e encerrou durante essa semana com uma arrecadação total de 23.253,00. Além dos cilindros, Santa Quitéria também recebeu 5 capacetes ELMO. 

Confira o vídeo