Crediamigo oferece carência de 60 dias para pagamento de parcelas e dívidas renegociadas

Crediamigo oferece carência de 60 dias para pagamento de parcelas e dívidas renegociadas


O programa de microcrédito Crediamigo, do Banco do Nordeste, está oferecendo carência para pagamento de parcelas e renegociação de operações realizadas entre 1º de janeiro e 30 de junho deste ano. Os microempresários terão até 60 dias para pagar a primeira parcela das operações em andamento e daquelas renegociadas. A novidade foi divulgada nesta terça-feira (23). 

A alternativa pode ser consultada e acessada pelos canais digitais do banco, sem necessidade de comparecimento às agências bancárias. 

Pela nova proposta, clientes poderão renegociar suas operações até 30 de junho de 2021 e obter 60 dias para iniciar o pagamento, sejam contratos com ou sem atraso do pagamento das parcelas. É possível realizar financiamento dos valores referentes às taxas de administração de crédito e seguro prestamista, além da dispensa do percentual de entrada exigido. 

Entre os segmentos atendidos pelo programa estão marcenarias, sapatarias, artesanatos, gráficas, padarias, ambulantes, vendedores em geral, mercadinhos, papelarias, armarinhos, bazares, farmácias, armazéns, lanchonetes, salões de beleza, oficinas mecânicas, etc.

No âmbito das ações de distanciamento social adotadas pelo Banco do Nordeste, o Crediamigo oferece aos clientes atendimento remoto e personalizado, durante 24 horas por dia, por meio de canais digitais como o App Crediamigo. Segundo o banco, o atendimento ocorre de forma integrada, com controle, histórico de demandas e segurança da informação.

Diário do Nordeste