"Deveríamos estar comprando vacina desde a época do Mandetta", afirma Paulo Guedes

"Deveríamos estar comprando vacina desde a época do Mandetta", afirma Paulo Guedes


O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou em entrevista ao canal CNN o atraso do governo federal na aquisição de vacinas para combater o avanço da Covid-19. "A entrega da vacina não está atrasada só agora, não", disse ao informar que desde de que Luiz Henrique Mandetta era ministro da saúde as negociações para compra deveriam ter sido realizadas.

“No primeiro dia, (Luiz Henrique) Mandetta (ex-ministro da Saúde) saiu com R$ 5 bilhões no bolso. É desde aquela época que deveríamos estar comprando vacina, não é mesmo? O dinheiro estava lá”, disse Guedes. 

Ainda durante a entrevista, o ministro afirmou que todos vão responder pelos erros na pandemia e pela crise coletivamente, mas evitou citar o nome do presidente da República, Jair Bolsonaro. Em 2020, o presidente atuou como um dos principais negacionistas da pandemia, chegando a chamar a doença de "gripezinha" e recusar compra de imunizantes da Pfizer. 

“Era possível ter sido mais rápido? Sim. Era possível que a mídia fosse mais construtiva? Era possível que os governadores ajudassem também? O dinheiro foi para os estados. Então, por que os leitos foram desativados? Pois todos nós achávamos que a pandemia estava indo embora", completou.

O Povo