Lula ficaria em segundo lugar atrás apenas de Bolsonaro se eleição fosse hoje, afirma pesquisa

Lula ficaria em segundo lugar atrás apenas de Bolsonaro se eleição fosse hoje, afirma pesquisa


O ex-presidente Lula teria 18% das intenções de voto caso a eleição para sucessão presidencial acontecesse nesta terça-feira, (09). O petista perderia apenas para o presidente Jair Bolsonaro, que teria 32% das intenções. As informações são do levantamento do Instituto Paraná Pesquisas divulgado na última sexta-feira, (05). Os dados foram levantados entre os dias 25 de fevereiro e 1º de março.

Segundo os dados analisados pelo instituto, no quarto cenário analisado, Lula estaria na frente do ex-ministro Sergio Moro (11,6%). Na sequência, ele passaria de Ciro Gomes (8,7%), João Doria (5,3%), Guilherme Boulos (3,5%), João Amoedo (3,0%) e Luiz Henrique Mandetta (1,4%). Nos demais cenários, Bolsonaro ganha a disputa. 

Não sabe/Não respondeu - 4,3%
Nenhum/Branco /Nulo - 12,0%
Jair Bolsonaro - 32,2%
Lula - 18,0%
Sérgio Moro - 11,6%
Cid Gomes - 8,7%
João Dória - 5,3%
Guilherme Boulos - 3,5%
João Amoêdo - 3,0%
Mandetta - 1,4%

Durante a pesquisa realizada por meio de ligações telefônicas, foram consideradas entrevistas com 2.080 eleitores de 196 municípios, das 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança é estimado em 95%.

No início desta semana, após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, de anular todas suas condenações relativas às investigações da Operação Lava Jato, o petista voltou a ser elegível, já que não é enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Agora, Lula poderá ser um dos principais adversários de Bolsonaro nas urnas em 2022.

O Povo