Mãe dorme em cima de bebê, que morre por asfixia e traumatismo craniano

Mãe dorme em cima de bebê, que morre por asfixia e traumatismo craniano


Uma recém-nascida de 28 dias morreu esmagada pela mãe, que dormiu em cima dela, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, na última terça-feira (09).

Ao acordou, a mulher, de 33 anos de idade, notou que a bebê estava sangrando pelo rosto. Logo após, ela pediu ajuda aos vizinhos para levar a menina à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), localizada no mesmo bairro onde a família reside.

A criança chegou à unidade de saúde com ferimentos no nariz e na boca, e morreu no local. De acordo com a Polícia Militar, a equipe tentou reanimar a recém-nascida durante quase 40 minutos, mas a bebê morreu por causa de asfixia e traumatismo craniano.

Em depoimento à Polícia Civil, a mulher informou que brigou com o pai da bebê no último domingo (07), e o homem saiu de casa deixando-a com a recém-nascida e outras cinco crianças, depois de tê-la agredido.

Investigação
O caso é investigado pela Polícia Civil, e a mãe chegou a ser presa em flagrante. No entanto, ela pagou fiança e deve responder ao inquérito em liberdade, ao menos neste primeiro momento. A Polícia Civil informou que ela responder por homicídio culposo.

Depois do fato, a Perícia Forense foi ao local onde a situação aconteceu e fez os primeiros levantamentos. O corpo da recém-nascida foi levado ao Instituto Médico-Legal (IML) da capital mineira.

Diário do Nordeste