Morre aos 48 anos, vítima da Covid-19, o enfermeiro e vereador de Santa Quitéria Dr. Júnior Araújo

Morre aos 48 anos, vítima da Covid-19, o enfermeiro e vereador de Santa Quitéria Dr. Júnior Araújo


Faleceu no final da manhã desta quinta-feira (11), aos 48 anos, o vereador e enfermeiro Joaquim Ferreira de Araújo Junior. Dr. Júnior Araújo, carinhosamente chamado pelos quiterienses como o "doutor do povo" estava internado com Covid-19 no Hospital Regional Norte, em Sobral e hoje, teve agravamento do seu estado de saúde e não resistiu.

O parlamentar já havia testado positivo para a doença há alguns dias e na segunda-feira (08), quando estava hospitalizado em Ubajara, chegou a sofrer uma parada cardíaca e teve de ser transferido para Sobral, depois de uma força-tarefa tentando conseguir algum leito, haja visto o colapso na rede pública do estado.

Em uma semi UTI no HRN ao longo destes dias, Júnior enfrentou melhoras e pioras, mas sem que abalasse a fé e a esperança dos quiterienses, de que prontamente se recuperaria. Mais cedo, os seus parâmetros médicos reduziram e a equipe que o acompanhava também tentou reverter, com o apoio de drogas vasoativas.

O profissional da saúde é a 41ª vítima do coronavírus em Santa Quitéria. O prefeito Braguinha decretou luto oficial de três dias.

Biografia
Júnior Araújo começou cedo na carreira da saúde, quando adolescente já trabalhava em farmácias da cidade. Cursou o nível superior em Enfermagem, vindo consolidar a sua profissão como enfermeiro concursado da Prefeitura de Santa Quitéria, tendo atendido vários anos no Hospital Municipal. Atualmente, era estudante de Medicina. Casado com Clotildes Muniz, também empreendeu com a sua farmácia São Joaquim.

Já na política, estava em seu terceiro mandato seguido de vereador pelo município, filiado ao partido MDB. Em ascensão, ele atingiu na eleição passada, o posto de mais votado pelos eleitores, com 1.299 votos. A vaga deverá ser assumida pelo suplente Irmão Pereira, da mesma sigla.

As informações sobre o sepultamento ainda não foram divulgadas pela família. Acredita-se que o cortejo com o seu corpo deverá passar pela Câmara Municipal, bem como no Hospital Municipal, porém ainda não é confirmado.