Oxigênio de carreta tombada podia atender 16 mil pessoas, diz empresa

Oxigênio de carreta tombada podia atender 16 mil pessoas, diz empresa


Os 16 mil m³ de oxigênio que foi perdido após o tombo de uma carreta na manhã desta segunda-feira (22/3) na Serra de Petrópolis, na região serrana do Rio, poderia atender 16 mil pacientes. Foi o que apontou o dono da empresa responsável pelo transporte. As informações são do G1.

O caso aconteceu por volta das 9h desta segunda no km 96 da BR-040, no sentido Juiz de Fora. O oxigênio seria levado para hospitais particulares do Distrito Federal. O transporte havia saído de Brasília, no DF, em direção a Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para se abastecer com oxigênio líquido em uma empresa alemã.

Com o acidente, foi preciso esvaziar o tanque pelo risco de explosão e todo o oxigênio foi desperdiçado. Ainda de acordo com a empresa, o prejuízo é estimado em R$ 180 mil. A pista foi completamente interditada.

Metrópoles