COLUNA: Copa do Brasil divulga potes de sorteio da 3ª fase; confira quais times podem se enfrentar

COLUNA: Copa do Brasil divulga potes de sorteio da 3ª fase; confira quais times podem se enfrentar


Deu-se por encerrada, na noite de ontem, 15, a 2ª fase da Copa do Brasil. Com isso, tomamos conhecimento dos 32 clubes que estão vivos na competição. Nesta fase entram os clubes que estão na Libertadores e os demais classificados. Agora, os duelos são de ida e volta e sem a vantagem do gol fora de casa. Os mandos de campo também serão sorteados.  

Confira como ficou a divisão dos potes de sorteio:

  • Pote 1: Athletico, Atlético-MG, América-MG, Bahia, Ceará, Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco da Gama.
  • Pote 2: 4 de Julho-PI, ABC, Atlético-GO, Avaí, Boavista, Brasiliense, Cianorte, Coritiba, CRB, Criciúma, Fortaleza, Juazeirense, Red Bull Bragantino, Remo, Vila Nova e Vitória.

Os 16 times do pote 1, são as melhores equipes classificadas no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que estão na Copa do Brasil. 

Chance de clássicos estaduais na 3ª fase:
Podemos ter grandes clássicos já na terceira fase da competição mais democrática do país. Ceará e Fortaleza, que fazem o Clássico-Rei, ficaram em diferentes potes, com chances de se cruzarem. O mesmo acontece com Athletico e Coritiba, que, juntos compõem o clássico Atletiba

Sobre as datas da competição
Por mais que as datas do sorteio da terceira fase e dos jogos da mesma, não tenham sido agendadas ainda, a CBF reservou duas semanas no mês de junho para a realização das partidas - claro, se tudo sair como planejado até lá. 

Injustiça na fase anterior
Não é de hoje que existem erros de arbitragem no futebol. É um assunto que já estamos de saco cheio de comentar e debater. Mas, algo que vem ao caso, foi a forma em que o América-MG deixou o Ferroviário no meio do caminho da competição. A classificação do Coelho foi decidida nos pênaltis, quando uma cobrança que teria sido desperdiçada pelo time cearense, na verdade foi gol legal, com a bola ultrapassando totalmente a linha e nenhuma irregularidade no lance. 

Com isso, além do Tubarão da Barra ser eliminado e o Coelho avançar, o Fortaleza foi atingido negativamente, também. Explico: isso se deve ao fato de, se o time mineiro não passa de fase, o Leão é quem ocuparia a sua posição no Pote 1, com possibilidade de pegar adversários considerados mais fracos, na terceira fase. 

Após o erro que favoreceu a equipe de Lisca, treinador do América-MG, o técnico, conhecido por reclamar da arbitragem, não disse uma palavra sequer sobre o fato.