Com débitos de R$ 682 mil, Santa Quitéria paga parte da dívida com a Enel e reestabelece energia na Praça da Matriz

Com débitos de R$ 682 mil, Santa Quitéria paga parte da dívida com a Enel e reestabelece energia na Praça da Matriz


Após 26 dias, a ENEL Distribuição Ceará reestabeleceu a iluminação da Praça Senador Pompeu, principal cartão postal de Santa Quitéria, para a tranquilidade dos moradores ao redor e demais pessoas que transitam pela área. O caso chegou a ser noticiado no AVSQ em 29 de março e a escuridão só não estava pior, dadas as luzes externas da Igreja Matriz, da Câmara Municipal e algumas poucas residências. 

A penumbra se deu após uma dívida de R$ 682,6 mil da Prefeitura Municipal com a concessionária de energia, atribuída a administração anterior e levando a mesma a suspender o fornecimento de energia no local. Segundo nota enviada ao site, em novembro de 2020, o município já havia sido notificado que caso a dívida não fosse paga, ocorreriam cortes em vários setores e locais públicos. 

Para normalizar a situação, a gestão teve de desembolsar como entrada R$ 136,5 mil e se comprometeu, através de sete contratos, a pagar o restante em 10 parcelas de R$ 54,6 mil, assim como também afirmou que adotará medidas judiciais para ressarcir aos cofres públicos a dívida renegociada.