Dois anos após praticar duplo homicídio em Santa Quitéria, acusado volta a ser preso pela Polícia

Dois anos após praticar duplo homicídio em Santa Quitéria, acusado volta a ser preso pela Polícia


A Polícia Civil, juntamente com a Coordenadoria de Inteligência, cumpriu um novo mandado de prisão nesta quarta-feira (14), contra um homem acusado de praticar, ao menos, seis homicídios nas cidades de Santa Quitéria e Varjota.

Daniel de Sousa Fidelis, 21, já havia sido capturado em 2019, por ter executado o casal Francisco Alberto Ribeiro Lopes e Ana Cíntia Silva de Sousa Ribeiro em 13 de junho daquele ano, no distrito de Sangradouro, zona rural do município, por envolvimento com o tráfico de drogas. Após o duplo homicídio, ele gravou áudios nas redes sociais ameaçando um desafeto, confessou os crimes e fugiu para o Rio de Janeiro.

Pouco depois da prisão, ele conseguiu ser libertado e retornou para o Ceará, onde já estaria praticando crimes e a Justiça resolveu por uma nova detenção de Daniel, onde se encontra recolhido na Penitenciária Industrial Regional de Sobral.