Harvard aponta Ceará como exemplo de isolamento social

Harvard aponta Ceará como exemplo de isolamento social


Um estudo, realizado pela Revista Science, da Universidade de Harvard, apontou o Ceará como exemplo na medida de isolamento social no combate à pandemia do novo coronavírus. A informação foi divulgada pelo prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), durante transmissão nas redes sociais neste domingo (18).

O artigo internacional, que mapeou detalhadamente a disseminação da Covid-19 no Brasil entre março e outubro de 2020, foi divulgado na última quarta-feira (14). Ele foi produzido por dez dez cientistas e coordenado pela demógrafa Márcia Castro, professora associada da Universidade de Harvard.

O estudo destaca que, entre junho e agosto, o Ceará e outros oito estados tinham incidência de mortes mais forte que de casos e aponta diferentes índices de interiorização da doença. O artigo cita que o "caos político" do Rio de Janeiro impactou em uma resposta efetiva à doença e compara a resposta do RJ com a do Ceará.

“Em contraste, embora o Ceará também tenha experienciado um quase colapso no sistema hospitalar entre abril e maio, e tenha circulação indetectada do vírus por mais de um mês antes de o primeiro caso ser oficialmente confirmado, foi o 6° na interiorização de casos, mas o antepenúltimo na interiorização de mortes”, informa a pesquisa. De acordo com o estudo, “mesmo com a circulação do vírus, as ações locais foram bem-sucedidas em prevenir mortes”.

O POVO Online