Home office torna trabalho mais desafiador e cansativo para profissionais quiterienses

Home office torna trabalho mais desafiador e cansativo para profissionais quiterienses


Não é novidade que o surgimento do Novo Coronavírus mudou rotinas e formas de trabalho. Em meio a pandemia, a paralisação das atividades presenciais foi uma decisão para barrar o avanço desenfreado das infecções pelo vírus, trazendo a realidade de trabalhar em casa para o nosso cotidiano. Mais de um ano após o início do trabalho em home office (traduzido diretamente do inglês como escritório em casa), esse formato de trabalho tornou-se mais cansativo para os profissionais.

Segundo a pesquisa realizada pelo Banco Original em parceria com a consultoria 4CO, 57% dos brasileiros que participaram da pesquisa afirmaram que o home office está mais cansativo, apesar da rotina ser menos agitada. E é justamente a rotina e os horários pessoais e de trabalho mesclados, um dos fatores que ampliam o cansaço do trabalho home office.

Essa é a realidade de Eliádhila da Costa, funcionária da empresa Ceará Certificação, trabalhando em casa desde o início da pandemia demorou um pouco para se adaptar a esse formato de trabalho, um ano depois sente-se mais cansada devido a carga horária de trabalho ter aumentado.

Embora você tente trabalhar a sua mesma carga horária de antes, chega a ser quase impossível. Porque a comodidade de já está dentro de casa muitas vezes nos faz perder o horário das refeições, até mesmo o horário do nosso descanso. Nos leva a passar horas na frente do computador.

Samuel Haslan, funcionário da empresa Digital Comunicação, já tinha como objetivo profissional o trabalho home office, mas não imaginava que aconteceria mais rápido do que ele esperava. Entretanto, para o designer gráfico o trabalho em casa inicialmente era uma experiência tranquila, mas que atualmente oportuniza mais distrações e que juntamente com a comodidade proporcionada por esse modelo de trabalho que no início era um desejo, tornou a produtividade algo mais desafiador.

O home office é uma experiência inicialmente tranquila, mas ao longo de algum tempo já integrado dentro da rotina diária, acaba que nosso subconsciente entende que ali é nossa 'zona de conforto' pois é ali que a gente acorda, almoça, dorme, e isso vai causando uma acomodação e acaba sucessivamente interferindo na nossa produtividade.

Para o advogado Manuelito Magalhães, os primeiros dias do trabalho home office foram os mais difíceis e cansativos devido a necessária rápida adaptação ao novo normal e a reorganização dos procedimentos que já seguia. A realidade do trabalho home office não era algo desejado ou esperado pelo advogado, mas com as tecnologias atuais, segundo ele, o home office já era algo extremamente possível.

Já tínhamos tecnologia suficiente para dar atenção aos nossos clientes via telefone ou videoconferência; a realização de audiências a distância; atendimentos em fóruns ou autarquias via mensagens; então o mundo já estava com as ferramentas necessárias para essa forma de trabalho, entretanto fomos obrigados a usá-las quando não esperávamos e com uma motivação muito triste.

Com o avanço da vacinação no país, o trabalho home office talvez esteja com seus dias contados para muitos profissionais. Um retorno ágil e seguro é o que todos esperam, mas, com a retomada dos tradicionais escritórios formais, uma readaptação será necessária e para o advogado Manuelito Magalhães esse processo será diferente, ele acredita que "o modelo tradicional já não é tão atrativo e como em todo processo de inovação a tendência é que ela [modalidade de trabalho home office] fique".

É indiscutível o quanto a tecnologia está sendo essencial para que diversos profissionais mantenham seus empregos e as empresas mantenham-se ativas nesse período de pandemia, apesar das dificuldades encontradas o home office pode ser a escolha trabalhista de muitos profissionais para os próximos anos.