HRN amplia equipe de cirurgia pediátrica e realiza procedimentos inéditos na região Norte

HRN amplia equipe de cirurgia pediátrica e realiza procedimentos inéditos na região Norte


Referência em urgências e emergências pediátricas no norte cearense, o Hospital Regional Norte (HRN), vinculado à Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), ampliou o serviço de cirurgia pediátrica neste mês de abril. O propósito é oferecer um atendimento cada vez mais humanizado e integral aos pequenos pacientes da região.

Com a ampliação para um corpo clínico de dez cirurgiões pediátricos, o hospital, administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), oferece tratamento para todas as subáreas da especialidade. A reestruturação da equipe possibilitou que a unidade passasse a oferecer cobertura de atendimento 24h de urgência, emergência e ambulatório, evitando que pais e familiares das crianças da região procurassem tratamento médico em outras cidades.

“A nossa proposta é resolver mais de 90% das enfermidades cirúrgicas pediátricas de toda a região de saúde de Sobral, incluindo aos neonatais. O objetivo é não ser mais necessário encaminhar esses pacientes para Fortaleza, porque nós temos potencial tanto profissional como material para resolver essas doenças aqui”, diz o médico cirurgião pediátrico Landim Júnior.

Segundo o especialista, dentre as enfermidades que passarão a ser operadas no hospital estão as doenças congênitas, incluindo as gastrointestinais e urológicas, que eram direcionadas para a Capital. Outra vantagem da ampliação da equipe, de acordo com o cirurgião, é a integração com o atendimento da clínica pediátrica. “ Iremos visitar diariamente todos os setores para podermos ter um acompanhamento do paciente de maneira longitudinal, com um seguimento desde o pré-operatório até a alta”, explica. Com o acompanhamento conjunto, é possível reduzir o tempo das internações.

A equipe de cirurgiões pediátricos realizou no HRN uma cirurgia inédita na unidade: uma gastrostomia com fundoplicatura Nissen. O procedimento cirúrgico é realizado para tratar doenças do refluxo gastroesofágico e hérnia de hiato, condição em que parte do estômago invade a cavidade do tórax. A gastrostomia consiste na colocação de um pequeno tubo flexível, conhecido como sonda, desde a pele da barriga até ao estômago, para permitir a alimentação nos casos em que a via oral não pode ser utilizada. É um procedimento seguro para crianças com lesão neurológica.