OMS recomenda que ivermectina não seja usada em pacientes com Covid-19

OMS recomenda que ivermectina não seja usada em pacientes com Covid-19


A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou, nesta quarta-feira (31), que "não se utilize a ivermectina" para os pacientes com Covid-19, salvo nos ensaios clínicos.

A ivermectina é um medicamento antiparasitário de uso comum que tem sido bastante promovido nas redes sociais, mas que, segundo o grupo de especialistas da OMS, os dados dos estudos clínicos para medir sua eficácia contra a Covid-19 não deram resultados conclusivos.

"Nossa recomendação é não utilizar a ivermectina para pacientes com Covid-19, independentemente do nível de gravidade, ou de duração dos sintomas", frisou a chefe da equipe de resposta clínica para Covid-19 da agência da ONU, Janet Díaz, em uma entrevista coletiva. Ele ressaltou que a única exceção a esta recomendação, com base no estado atual da pesquisa, é para os testes clínicos.

Os especialistas da OMS tiraram suas conclusões de um total de 16 ensaios clínicos aleatórios com 2,4 mil participantes. Alguns destes ensaios compararam a ivermectina com outros medicamentos.

Esta recomendação corre o risco de provocar ceticismo e indignação entre os muitos defensores deste medicamento de uso veterinário e humano, usado contra parasitas, como sarna, piolho, ou os causadores da oncocercose.

AFP