Submarino desaparecido com 53 tripulantes à bordo, tem estoque de 72 horas de oxigênio

Submarino desaparecido com 53 tripulantes à bordo, tem estoque de 72 horas de oxigênio


A Marinha da Indonésia informou nesta quinta-feira que o submarino que desapareceu com 53 tripulantes é equipado com 72 horas de oxigênio. Autoridades definem que esse pode ser o prazo máximo para encontrar o KRI Nanggala-402 , que saiu do radar a cerca de 100 quilômetros da costa de Bali às 3h de quarta-feira no horário local (16h de terça-feira em Brasília). Restariam, portanto, pouco mais 30 horas para o resgate.

A operação de busca conta com o trabalho de seis navios de guerra, um helicóptero e 400 agentes. Os governos de Cingapura e Malásia disponibilizaram embarcações. Estados Unidos, Austrália, França e Alemanha ofereceram assistência. Porta-voz da Marinha, o primeiro almirante Julius Widjojono disse à a agência de notícias AFP que "conhece a área, mas é bastante profunda", o que poderia dificultar o trabalho.

De acordo com os relatórios da Marinha, o contato com o submarino foi perdido após ele receber a autorização para mergulhar em águas mais profundas. Um derramamento de óleo foi encontrado perto do local, o que poderia indicar danos no tanque de combustível ou um sinal da tripulação pedindo ajuda.

O submarino desaparecido é um dos cinco operados pela Indonésia. Ele foi produzido na Alemanha no final dos anos 1970 e passou por uma reforma de dois anos na Coreia do Sul, concluída em 2012. Essa é a primeira ocorrência do tipo registrada no país.

Extra