Acompanhe o que pode abrir no primeiro fim de semana sem lockdown no Ceará

Acompanhe o que pode abrir no primeiro fim de semana sem lockdown no Ceará


Este sábado (8), e domingo (9), marcam o retorno de algumas atividades econômicas, sociais e religiosas durante o fim de semana, o primeiro sem isolamento social rígido no Ceará. O período coincide com a celebração do Dia das Mães, que deve impulsionar o comércio e o setor da alimentação para celebração da data. As medidas seguem até o próximo dia 16 de maio, após renovação do decreto feito pelo governador Camilo Santana (PT) nesta sexta-feira (7).

Comércio e serviços
Estabelecimentos situados fora de shoppings podem funcionar aos sábados e domingos das 10h às 15h, com limitação de 40%. Durante a semana, o funcionamento é das 10h às 16h. Os empreendimentos funcionarão aos fins de semana e podem abrir das 12h às 17h, observada a limitação de 40% do atendimento simultâneo. Durante a semana, o horário é de 12h às 18h.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Restaurantes
Restaurantes de rua poderão funcionar aos sábados e domingos de 10h às 15h. Entretanto, o número de clientes deve ser limitado a seis pessoas por mesa. Não é permitido pessoas em pé, inclusive na calçada, nem formação de fila. Músicas ambiente estão permitidas.

Academias
Com 25% da capacidade, os estabelecimentos podem funcionar para prática de atividades individuais de segunda a sexta-feira, de 6h às 18h, e no sábado e domingo, até as 15h ou, quando situadas em shopping, até as 17h, desde que o funcionamento se dê por horário marcado.

Atividades essenciais que podem iniciar a partir das 7 horas
  • Serviços públicos essenciais;
  • Farmácias;
  • Supermercados, padarias e congêneres, permitido o atendimento presencial de clientes para o café da manhã a partir das 6h;
  • Indústria;
  • Postos de combustíveis;
  • Hospitais e demais unidades de saúde e clínicas odontológicas e veterinárias para atendimento de emergência;
  • Laboratórios de análises clínicas;
  • Segurança privada;
  • Imprensa, meios de comunicação e telecomunicação em geral;
  • Oficinas em geral e borracharias situadas na Linha Verde de Logística e Distribuição do Estado.

 O POVO