Adolescente de 13 anos é resgatada após ter rosto desfigurado por agressões no interior do Ceará; namorado é preso

Adolescente de 13 anos é resgatada após ter rosto desfigurado por agressões no interior do Ceará; namorado é preso


Uma adolescente de 13 anos foi resgatada pela Polícia Militar de uma residência no Bairro Aeroporto, em Juazeiro do Norte, no interior do Ceará, na noite da última segunda-feira (24). A vítima teve o rosto desfigurado por causa de agressões. Um homem de 22 anos foi preso em flagrante.

A Polícia Militar afirma que os agentes estavam em deslocamento para outra ocorrência quando viram uma intensa movimentação de pessoas agredindo um homem em frente a uma casa. Quando se aproximaram do imóvel, as testemunhas informaram aos PMs que o jovem havia agredido a adolescente.

Ao entrarem na residência, os policiais encontraram a garota com ferimentos no rosto e acionaram uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que encaminhou a vítima até uma unidade hospitalar para receber atendimento.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O suspeito, que confirmou ter sido ele o autor da agressão, foi conduzido para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde foi autuado pelo crime de lesão corporal no contexto da violência doméstica. O procedimento foi transferido para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Juazeiro do Norte, que ficará responsável pela investigação do caso.

Conforme a conselheira tutelar Sueli Oliveira, que acompanhou o caso, os conselheiros foram acionados por uma ambulância do Samu, que socorreu a garota. A adolescente está internada no Hospital Regional do Cariri. O estado de saúde dela não foi informado.

Família
Segundo Sueli, a mãe da vítima informou que a adolescente saiu de casa há três dias e não deu mais notícias. A mãe foi notificada a comparecer na sede do Conselho Tutelar, na quinta-feira (27), para prestar esclarecimentos.

"A gente teve contato com a mãe, que informou haver três dias que ela havia saído de casa. Ela está internada no Hospital Regional. A mãe da vítima foi notificada a comparecer ao Conselho Tutelar na quinta-feira, para prestar esclarecimentos", disse a conselheira.

G1 - CE