Arranha-céu de 291 metros é evacuado após tremer

Arranha-céu de 291 metros é evacuado após tremer


Um arranha-céu foi evacuado em meio ao pânico nesta terça-feira (18) em Shenzhen, no sul da China, após o prédio de quase 300 metros de altura balançar por um motivo ainda desconhecido. A agência de gestão de emergências de Shenzhen anunciou na rede social Weibo que nenhum tremor foi registrado na cidade e as causas da oscilação no edifício serão investigadas. O incidente ocorreu por volta das 13h50 (horário local, 2h50 em Brasília) e causou pânico entre os ocupantes do prédio.

Concluído em 2000, o SEG Plaza é um dos edifícios mais emblemáticos de Shenzhen, metrópole com mais de 12,5 milhões de habitantes próxima a Hong Kong, e é o 212º prédio mais alto do mundo. O arranha-céu tem 291,6 metros de altura (ou 355,8 metros, se consideradas as antenas) e 71 andares acima do solo, além de 4 pavimentos subterrâneos, segundo o site Skyscrapercenter.com. Cinco dos arranha-céus mais altos do mundo estão na China, incluindo a Torre Xangai, que tem 128 andares e 632 metros de altura.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A China proibiu no ano passado a construção de prédios com mais de 500 metros de altura, uma restrição que já estava em vigor em algumas cidades, como a capital Pequim. Um arranha-céu nunca desabou no país, segundo a agência de notícias France Presse, ao contrário de edifícios mais baixos, devido a normas de construção às vezes frouxas. Em março de 2020, um hotel usado como local de quarentena contra o coronavírus desabou na província de Fujián, no leste do país. Havia cerca de 70 pessoas no local e 29 morreram.

Portal G1