Bruno Covas tem piora e quadro de saúde é 'irreversível', aponta boletim médico

Bruno Covas tem piora e quadro de saúde é 'irreversível', aponta boletim médico


Bruno Covas (PSDB), prefeito de São Paulo, teve piora e está internado sob o efeito de sedativos e analgésicos, segundo boletim médico divulgado pela Prefeitura. O quadro clínico é considerado irreversível.

Conforme nota divulgada às 19h30 desta sexta-feira (14), o chefe do Executivo paulista está acompanhado de familiares no quarto do Hospital Sírio-Libanês. Covas é pai de Tomás, de 15 anos. Covas está internado na unidade em São Paulo, desde o último dia 2 de maio. Ele enfrenta um caso de metástase óssea no sistema digestivo, quando o câncer se espalha pelo organismo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Ele está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Prof. Dr. Raul Cutait e pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho", diz o boletim médico.

No dia 4 de maio, o prefeito de SP havia recebido alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi encaminhado a um leito semi-intensivo. Ele tratou uma hemorragia identificada no local do tumor original, na passagem do esôfago para o estômago

Em outubro de 2019, Bruno Covas foi diagnosticado com adenocarcinoma, um tipo de câncer maligno, situado na região do cárdia, na transição do esôfago para o estômago. Na ocasião, também foi descoberta uma metástase no fígado e uma lesão no linfonodo.