Camilo tentou comprar 1,4 milhão de vacinas da Pfizer, mas empresa recusou

Camilo tentou comprar 1,4 milhão de vacinas da Pfizer, mas empresa recusou


O governador Camilo Santana tentou adquirir vacinas da Pfizer em dezembro do ano passado. No documento, datado do dia 30 de dezembro, Camilo reforça o pedido encaminhado pelo titular da Sesa, Dr. Cabeto, para aquisição do imunizante.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O e-mail foi endereçado à diretora médica da Pfizer, Marjori Dulcine. “Confiante de que será possível prosseguir com as tratativas necessárias para viabilizar essa aquisição, estimada em 1,4 milhão de doses, permaneço na expectativa de pronunciamento de Vossa Senhoria”, destacou Camilo.


Contudo, não houve avanço pois a farmacêutica alegou negociações com a União.

“Neste momento estamos única e exclusivamente focados nas tratativas da negociação com o Governo Federal  para a disponibilização de nossa vacina diante do cenário mundial de disponibilidade de doses”, escreveu Alejandro Lizarraga, representante da Pfizer.

Em março, uma nova tentativa de compra direta da vacina. As tratativas ocorreram de forma paralela à negociação para aquisição da vacina russa Suptnik V, além de contatos com laboratórios chineses.

Focus.jor