Luis Roberto se revolta com Copa América no Brasil e dispara: 'Porcaria'

Luis Roberto se revolta com Copa América no Brasil e dispara: 'Porcaria'


O anúncio da realização da Copa América no Brasil irritou o narrador Luís Roberto. Presente no "Seleção SporTV", ele afirmou tratar-se de um "tapa na cara" dos brasileiros, que enfrentam uma "pandemia descontrolada". O jornalista ainda chamou o torneio de "porcaria" e se irritou com o posicionamento do governo federal, comparando o tempo de resposta aos pedidos da Conmebol por sede do torneio e da Pfizer em relação às vacinas.

"Oi, Rizek! Boa tarde! Que alegria! Só que não. Isso é uma vergonha. O 'Boladão' hoje vai chegar com tudo. Essa Copa América fora de hora, que já não deveria ser realizada. Claro, a pandemia interrompeu várias competições mundo afora, e obviamente que neste momento, com o calendário todo estrangulado no Brasil, a Copa América é só mais um torneio caça-níquel, sem nenhuma expressão nesse momento. A última que foi disputada no Brasil teve sua relevância, sua atmosfera", iniciou Luis Roberto em sua primeira participação no programa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Além de desfalcar os times, de absolutamente amontoar o calendário, um mês de Copa América... Já seria ridícula a realização dela em condições normais, aí vem a notícia, depois da desistência de vários países irmãos, que não têm condições por conta da pandemia de realizar a Copa América, e no país que tem a pandemia descontrolada, que levou nove meses para responder à carta da Pfizer, respondeu em dez minutos que 'vamos fazer a Copa América'. Abertura em Brasília, jogos em Natal, Pernambuco, final com público. É inaceitável! A sociedade brasileira, a coletividade do futebol e do esporte, nós não podemos aceitar essa decisão. Que se realize, que faça o que bem entenderem, que os negacionistas façam caravanas à Brasília, para ter público na grande final. Momento apoteótico dessa porcaria dessa competição! É uma vergonha! É um tapa na cara dos brasileiros!", completou o narrador.

Confira o momento:


Apoio
Além de Luis, o ex-jogador e comentarista Júnior também criticou a realização da competição no Brasil, e cobrou um posicionamento dos jogadores.

"Realmente, é inacreditável que a gente, com todos esses problemas, tenhamos uma notícia como essa aqui. Eu gostaria que os jogadores, não só do Brasil, mas de outras seleções, pudessem se posicionar em relação à realização dessa Copa América, com todos os problemas. Em todos os países você tem problemas. Gostaria que de repente os capitães das seleções se posicionassem em relação à realização da Copa América", completou.

O anúncio da Conmebol surgiu horas após a entidade suspender a Argentina como sede da competição, que começa no dia 13 de junho, por conta da covid-19. O Brasil tem mais de 462 mil mortes por covid-19 e ocupa o 2° lugar no mundo com mais óbitos em decorrência da doença. 

UOL Notícias