Mãe acorrenta filho com transtorno mental

Mãe acorrenta filho com transtorno mental


Uma mulher acorrentou o filho, que tem transtorno mental, em casa. O caso foi denunciado ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Brasiléia, no interior do Acre. Com isso, uma equipe se dirigiu à residência e flagrou a situação, na última sexta-feira (21). As informações são do Portal G1.

Os profissionais do CAPS relataram que o rapaz, de 26 anos, estava acorrentado, mas não apresentava sinais de maus-tratos. A mãe argumentou que essa foi única forma encontrada para conter as crises do filho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A casa da família é de difícil acesso. Para chegar ao local, a equipe, formada por uma psicóloga, um psiquiatra, uma assistente social e policiais militares, precisaram percorrer cerca de 17 quilômetros a pé.

Quando chegaram ao local, os profissionais avistaram o rapaz acorrentado e conversaram com a mãe. A mulher relatou que o filho já chegou a fugir de casa e se perder na região, devido às crises, e esse foi o único jeito de contê-lo.

O jovem foi atendido por uma médica psiquiatra que fez os primeiros procedimentos de avaliação e aplicação de medicação. A equipe também orientou a mãe sobre o tratamento apropriado para o rapaz.

Jornal de Brasília