No Dia Internacional da Enfermagem, profissionais relatam a gratidão e o prazer em cuidar do próximo

No Dia Internacional da Enfermagem, profissionais relatam a gratidão e o prazer em cuidar do próximo


“Dedicar minha vida profissional a serviço da humanidade, respeitando a dignidade e os direitos da pessoa humana”. Essa frase faz parte do juramento realizado pelos profissionais da Enfermagem em sua formatura. Seja por dom ou por tradição familiar, o ato de cuidar e zelar pela vida de outras pessoas é uma das características mais marcantes deste profissional.

Prazer em cuidar do próximo também foi um dos sentimentos que fizeram com que a Sue Ellen Cristina, 37, sempre quisesse se dedicar à área de saúde. Tanto que seguir nessa área não é somente para obter retornos financeiros. Para ela, se sentir útil em uma área que sempre quis é um dos principais motivos para lutar por seus objetivos.

“O dinheiro [que receberá pelo trabalho] vai ser uma consequência, mas querer estar nessa profissão é por gostar mesmo. Eu gosto muito de cuidar. Cuidei por seis anos da minha sogra que teve um câncer muito agressivo, então por seis anos eu acompanhei tudo. E eu gostava muito de prestar essa ajuda”, conta ela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Victor Ramos, 24 anos é formado no curso de Técnico em Enfermagem e decidiu se dedicar à Enfermagem após uma situação traumática em que ele precisou de cuidados médicos por conta de um acidente que sofreu. A atenção da equipe fez nascer nele uma admiração e sentimento de gratidão. “O cuidado que eu recebi da equipe de enfermagem foi tão grande, que decidi me dedicar a essa área tão linda que é a enfermagem. Assim, eu poderia cuidar do próximo com toda dedicação”, recorda o mineiro.

“Com essa pandemia mundial, estou vendo como nós enfermeiros somos essenciais. Sem enfermagem não se faz saúde. Estamos podendo mostrar para a população o quanto precisam de nós. Mesmo que o mundo esteja em colapso, precisamos estar lá, dando força e lutando contra as doenças. Sem dúvida, escolheria Enfermagem, eu gosto demais do que faço. Meu sentimento é de muita gratidão por estar servindo a população na luta contra a Covid-19”, completa Victor.

Dia Internacional da Enfermagem
A data 12 de maio foi escolhida para celebrar mundialmente o Dia da Enfermagem e o Dia do(a) Enfermeiro(a) como forma de homenagear Florence Nightingale, nascida no dia 12 de maio de 1820. Considerada como fundadora da enfermagem moderna, Florence foi pioneira no tratamento de feridos em batalhas militares.

No Brasil, além de um dia dedicado a essa profissão, foi instituída, em meados dos anos 40, a Semana da Enfermagem, período que vai de 12 a 20 de maio. Além de também homenagear Nightingale, a semana enaltece enfermeira brasileira Ana Néri. Falecida em 20 de maio de 1880, considerada como pioneira na enfermagem moderna no país, Ana se destacou por serviços voluntários, nos hospitais, durante a Guerra do Paraguai.

Agência Educa Mais Brasil