Polícia captura chefe de facção e outras 17 pessoas em Sobral em menos de 24 horas

Polícia captura chefe de facção e outras 17 pessoas em Sobral em menos de 24 horas


A polícia capturou 18 pessoas e apreendeu 18 armas de fogos em menos de 24 horas em Sobral, Região Norte do Estado. Os detidos têm envolvimento com homicídios, tráfico de drogas, roubo e organização criminosa na cidade. Um deles, Eduardo dos Santos Oliveira, 31, é identificado como suspeito de chefiar um grupo criminoso que atua na região, conforme apontam as investigações. Ele já responde a procedimentos policiais por roubo e homicídio.

Após um homicídio na madrugada dessa quarta-feira, 26, que tem Eduardo como principal suspeito, os policiais iniciaram diligências e apreenderam um arsenal que estava em poder do grupo que ele faz parte. No total, foram apreendidos 11 revólveres e sete pistolas, centenas de munições, além de aparelhos celulares, drogas e uma quantia em dinheiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O delegado regional de Sobral, Paulo Castro, argumenta que a apreensão representa um “duro golpe” contra os grupos criminosos atuantes na região. “Cabe salientar que o trabalho investigativo continua e que essas armas apreendidas passarão por perícia e poderemos, inclusive, identificar o uso delas em homicídios ocorridos na região”, esclareceu sobre a operação, que contou com participação das polícias civil e militar.

O tenente-coronel Adriano Cavalcante, da Polícia Militar, reforça que os agentes vêm realizando ações sistemáticas na região. “Nestes últimos dias, tivemos a Operação Apostos, desencadeada pela Secretaria de Segurança Pública e todas as forças amigas, no sentido de realizar cumprimentos de mandados de prisão, além de blitzen, barreiras, saturações e abordagens”, ponderou em nota, lembrando da operação que resultou em três prisões e na apreensão de um adolescente.

O POVO Online