Santa Quitéria receberá novas doses de Coronavac, mas aplicação será exclusiva para D2; grávidas e puérperas está paralisada

Santa Quitéria receberá novas doses de Coronavac, mas aplicação será exclusiva para D2; grávidas e puérperas está paralisada


A vacinação contra a Covid-19 em gestantes e puérperas está suspensa em todo o Interior do Ceará. A imunização deste público seguiria com a nova remessa da CoronaVac, que chegou ontem (13), mas as doses serão retidas para utilização apenas da 2ª aplicação em idosos em Santa Quitéria e outras 182 cidades, conforme recomendação dos Ministérios Públicos. 

Com a mudança de direcionamento após a orientação dos MPs, boa parte da remessa que está a caminho, com 70 mil doses da CoronaVac, ficará retida. O Estado precisa, atualmente, de 26.150 doses para completar a imunização em idosos que estão com a aplicação atrasada. Em Santa Quitéria, aproximadamente 800 pessoas ainda aguardam completar a imunização.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Como a vacinação da Fase 3 do Programa Nacional de Imunizações (PNI), no Ceará, começou em maio, grávidas e puérperas do Interior ainda não têm intervalo suficiente para tomar segunda dose. Já as que ainda não foram vacinadas terão aplicação da primeira dose suspensa, devido à recomendação", informou a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

Esse grupo de risco não pode ser vacinado com a AstraZeneca, conforme decisão do Ministério da Saúde (MS), restando, agora, apenas a Pfizer para imunizar grávidas e puérperas. Porém, esta vacina é usada somente em Fortaleza - pois precisa ser armazenada em equipamentos só disponíveis na Capital.