YouTube remove 11 vídeos de Jair Bolsonaro sobre remédios sem eficácia contra Covid-19

YouTube remove 11 vídeos de Jair Bolsonaro sobre remédios sem eficácia contra Covid-19


O YouTube removeu pelo menos 11 vídeos do canal do presidente Jair Bolsonaro, em que ele faz menção à cloroquina, remédio defendido por membros do governo para tratamento da Covid-19, mas que é ineficaz contra a doença. O levantamento é da empresa de análise de dados Novelo Data e foi divulgado pelo portal G1. Entre os vídeos removidos, estão duas lives feitas em março e abril de 2020.

Os vídeos "A Hidroxicloroquina cada vez mais demonstra sua eficácia em portadores do COVID-19" e "Fox News mostra estudos sobre a eficácia da Hidroxicloroquina no combate ao Coronavírus" também foram retirados do ar. Ao tentar acessar os links, a plataforma exibe a mensagem "Este vídeo foi removido por violar as diretrizes da comunidade do YouTube".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O filho do presidente e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), o ex-Senador Magno Malta e Daniel Silveira (PSL) também tiveram vídeos removidos. Em abril, o YouTube já havia removido quatro vídeos do canal de Jair Bolsonaro, por violar as políticas de desinformação médica contra a Covid-19.

A plataforma atualizou a política de uso e remove vídeos que divulguem informações médicas incorretas que contradigam as autoridades de saúde locais ou a Organização Mundial de Saúde (OMS). 

Entre os vídeos considerados desinformação de tratamento da Covid-19 estão: 
  • Conteúdo que incentiva o uso de remédios caseiros, orações ou rituais no lugar de tratamento médico, como consultar um médico ou ir ao hospital
  • Conteúdo que afirma que existe uma cura garantida para COVID-19
  • Conteúdo que recomenda o uso de ivermectina ou hidroxicloroquina para o tratamento de COVID-19
  • Afirma que a ivermectina ou hidroxicloroquina são tratamentos eficazes para COVID-19
  • Outro conteúdo que desencoraja as pessoas a consultar um profissional médico ou a procurar aconselhamento médico
Diário do Nordeste