Após auxiliar famílias de Santa Quitéria, PAA Leite é suspenso por falta de renovação do Governo Federal

Após auxiliar famílias de Santa Quitéria, PAA Leite é suspenso por falta de renovação do Governo Federal


Em ofício divulgado no dia 07 de junho, foi informado a suspensão por tempo indeterminado, das aquisições e entregas do leite, oriundos do Programa de Aquisição de Alimento na Modalidade Incentivo à Produção e ao Consumo do Leite – PAA Leite. O programa era uma ação do Governo Federal em parceria com o Estado do Ceará. 

Segundo o documento, a suspensão foi necessária devido ao Governo Federal, através do Ministério da Cidadania, não ter renovado o convênio. O PAA Leite estava previsto para ser realizado até o dia 30 de junho.

“A suspensão se fez necessária devido até a presente data ainda não se obter informação quanto a aceitação da solicitação de aditivo de prazo e de recurso ao convênio vigente, impossibilitando assim a continuidade das atividades do referido programa [...] Caso não existe a sua prorrogação e/ou a celebração de um novo cronograma de desembolso, não há possibilidade de realizar pagamentos das aquisições e nem mesmo dos serviços de pasteurização e entregas”, informa o documento. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Devido a isso, se faz necessário a suspensão imediata das atividades do PAA Leite no Estado do Ceará até que o Governo Federal se posicione quanto a continuidade do Programa”, finaliza.

Ainda de acordo com o documento, a Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Ceará (SDA), tentou de diversas formas evitar a suspensão, chegando a prolongar as entregas até onde foi possível. Por fim, ainda é reforçado que qualquer informação adicional, todos os envolvidos no Programa – cooperativas, empresas e gestores municipais – serão comunicados para dialogar e organizar as próximas ações.

PAA em Santa Quitéria 
Em março de 2021, o Programa do Leite ofertou 2.580 litros de leite semanais para famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional em Santa Quitéria. A ação atendeu 4.325 famílias de baixa renda vinculadas a 17 entidades socioassistenciais.