COLUNA: Com seis clubes nas oitavas de final, Nordeste faz história na Copa do Brasil

COLUNA: Com seis clubes nas oitavas de final, Nordeste faz história na Copa do Brasil


A 3ª fase da Copa do Brasil 2021 foi encerrada na última quinta-feira, 10, com o Vitória eliminando o Internacional, no Beira Rio, e, com isso, batendo novo recorde dos times nordestinos na competição mais democrática do país. Na mesma semana em que a Copa do Nordeste e seus times são chamados de “lixo” por jornalista paulista (Domenico Gatto, da Rádio Energia 97FM), o Nordeste faz história. 

Com seis representantes nas oitavas de finais deste ano, a região tem seu novo recorde na fase classificatória, são eles (classificados): Vitória, Juazeirense, Fortaleza, CRB, Bahia e ABC. Excluindo Fortaleza e Bahia dessa lista, todos os outros times não eram considerados favoritos em seus confrontos pela grande mídia. 

Bahia passou pelo Vila Nova-GO, vencendo os dois jogos e confirmando o favoritismo. Já o Fortaleza, tinha um confronto mais pesado, contra o maior rival, Ceará. O primeiro jogo do embate terminou empatado por 1 a 1. Entretanto, no segundo, o Leão dominou o Vovô e goleou a partida com um 3 a 0 no placar.  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se Bahia e Fortaleza não foram grandes surpresas, os outros quatros calaram a boca de muita gente. O Vitória foi com um resultado negativo para o Beira Rio e conseguiu reverter o placar, assim, eliminando o Inter dentro de casa. O Juazeirense também perdeu o primeiro jogo para o Cruzeiro, mas conseguiu levar o segundo para os pênaltis, onde eliminou o time mineiro. 

CRB teve a tarefa mais difícil da 3ª fase. O time alagoano enfrentou o Palmeiras, foi mais um que perdeu em seus domínios e foi buscar o resultado na casa do adversário, conseguindo levar a classificação nas penalidades, com o goleiro alvirrubro, Diogo Silva (ex-Vasco e Ceará) pegando três pênaltis e ainda concluindo sua cobrança de forma magistral.

O ABC enfrentou a Chapecoense, onde o Mais Querido (também!) levou um 3 a 1 no primeiro jogo, dessa vez, fora de casa, e conseguiu fazer 3 a 0 (4 a 3 no agregado) em Natal e sair com a classificação heroica. 

NORDESTE NO TOPO
É ridículo que ainda tenhamos que pedir respeito ao nosso povo em pleno 2021. Dessa vez, a resposta para o jornalista xenófobo, veio em campo. SEIS nordestinos nas oitavas de finais da Copa do Brasil representa o orgulho do nosso povo. Não pedimos nada além de respeito e reconhecimento quando nos cabe. No Nordeste tem futebol e se faz o esporte de maneira séria, ainda vamos surpreender muito mais a mídia do eixo.