Eleições 2022: Lula venceria Bolsonaro em 1º turno, diz pesquisa Ipec

Eleições 2022: Lula venceria Bolsonaro em 1º turno, diz pesquisa Ipec


Caso as eleições presidenciais fossem realizadas hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria 49% dos votos totais, segundo pesquisa do Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec), ex-Ibope. Se considerados os votos válidos, o petista teria 56% das intenções e venceria já no primeiro turno. Já o atual presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), ficaria em segundo lugar, com 23% dos votos totais e 26% dos válidos.

A pesquisa avaliou também a viabilidade dos ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), bem como do governador de São Paulo João Doria (PSDB). O pedetista tem 7% dos votos totais, o tucano Doria, 5% e o demista, 3%. Votos brancos e nulos somam 10% e não souberam ou não responderam, 3%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Ipec ouviu presencialmente 2.002 eleitores brasileiros em 141 cidades do País entre 17 e 21 de junho. A margem de erro de dois pontos percentuais. Confira os números:

- 1º: Lula (49%)
- 2º: Bolsonaro (23%)
- 3º: Votos brancos e nulos (10%)
- 4º: Ciro Gomes (7%)
- 5º: Doria (PSDB): 5%
- 6º: Luiz Henrique Mandetta (DEM): 3%
- 7º: Não souberam ou não responderam (3%)

Potencial de voto
A pesquisa também perguntou se os eleitores votariam com certeza ou poderiam votar ou se não votariam de forma alguma em determinado candidato.

Em Lula, 61% dos entrevistados disseram que votariam com certeza ou poderiam votar nele (11 pontos percentuais a mais que em fevereiro), 36% que não votariam de jeito nenhum (8 p.p. a menos), e 3% que não conhecem o suficiente ou não responderam.

Para Bolsonaro, 62% disseram que não votariam de forma nenhuma (6 p.p. a mais), 33% que votariam com certeza ou poderiam votar (queda de 5 p.p.) e 4% que não conhecem o suficiente ou não sabem (variação negativa de 1 p.p.). Confira os números:

Lula
- Votaria com certeza no candidato: 61%
- Não votaria de jeito nenhum: 36%
- Não conhece suficiente ou não respondeu: 3%

Bolsonaro
- Não votaria de jeito nenhum: 62%
- Votaria com certeza no candidato: 33%
-  Não conhece suficiente ou não respondeu: 4%

O Povo