Filho é preso suspeito de matar a mãe a pedradas no Ceará

Filho é preso suspeito de matar a mãe a pedradas no Ceará


Um homem de 29 anos foi preso em flagrante suspeito de matar a mãe de 66 anos a pedradas no Bairro Aerolândia, em Fortaleza, na madrugada desta terça-feira (29). O suspeito e a vítima viviam em situação de rua.

Conforme o tenente Goiana, supervisor de policiamento do 19º Batalhão da Polícia Militar, testemunhas informaram aos agentes que a idosa e o suspeito dormiam nas proximidades de um posto de combustível no quilômetro da 3 da rodovia BR-116, quando o filho cometeu o crime.

"Mãe e filho dormiam nas proximidades do posto e durante a madrugada o suspeito estava muito alterado, passou com uma pedra na mão e em seguida retornou com as mãos ensaguentadas, dizendo que tinha matado a própria mãe. Os frentistas tentaram conter ele e quando chegamos ao local estava a confusão", afirma o tenente.

Thiago Monteiro da Silva foi levado para o Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), onde será ouvido pelo delegado. Segundo o tenente, ele vai ser autuado por homicídio qualificado. O corpo da vítima foi encaminhado para a Perícia Forense.

O supervisor do 19º Batalhão afirma que o suspeito chegou a justificar que matou a mãe devido a alucinações. "Ele confessou para mim que tirou a vidada própria mãe por conta de alucinações que ele estava vendo, em que viu uma serpente, algo assim, na mãe dele", relata.

Mãe foi morar na rua por dívidas do filho
Segundo o tenente da Polícia Militar, Thiago Monteiro é usuário de drogas e por conta de dívidas de drogas feitas por ele, a mãe teve que vender a casa para pagar a traficantes.

"Para que o filho não morresse, ela vendeu a casa, pagou algumas dívidas dele e foi morar com ele na rua. Por conta do amor maternal, do sentimento de morar junto do filho e proteger, ela acabou tendo como algoz o próprio filho", disse tenente Goiana.

O suspeito não tem registro civil, pois possui apenas Certidão de Nascimento.

G1 - CE