Polícia disparou 125 tiros em confronto que matou Lázaro

Polícia disparou 125 tiros em confronto que matou Lázaro


Os policiais  militares envolvidos na operação que resultou na morte de Lázaro Barbosa, de 32 anos, dispararam 125 tiros no confronto com o suspeito, ocorrido na  manhã desta segunda-feira (28), em Águas Lindas (GO). As informações estão contidas em documento oficial da SSP-GO (Secretaria da Segurança Pública do Estado de Goiás) sobre a ocorrência, obtido pela Record TV.

De acordo com registro, a polícia realizou os seguintes disparos: 
  • 17 com pistola Sig Sauer calibre 9 mm, numeração 58H155240;
  • 32 com pistola Taurus 92 AF calibre 9 mm;
  • 17 com pistola Sig Sauer calibre 9mm;
  • 34 com pistola Sig Sauer calibre 9mm e
  • 25 com o fuzil Bushmaster, calibre .556.

O secretário de segurança pública de Goiás, Rodney Miranda, afirmou em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (28) que os policiais não tiveram outra opção além de disparar durante a troca de tiros com Lázaro Barbosa, cuja morte foi confirmada ainda pela manhã.

O secretário contou como se deu o último confronto entre policiais e o fugitivo, procurado por 20 dias no interior de Goiás.  "Tivemos a informação de que ele ia na casa da ex-mulher e da ex-sogra. Quando ele saiu, tentamos abordá-lo, ele correu pro mato e saiu gritando 'Quem vier atrás, dou um tiro na cara'."

R7