Bronze no tênis, vitória no vôlei e derrota no handebol; saiba o que aconteceu no dia 8 das Olimpíadas de Tóquio

Bronze no tênis, vitória no vôlei e derrota no handebol; saiba o que aconteceu no dia 8 das Olimpíadas de Tóquio


As Olimpíadas de Tóquio 2021 chegaram ao oitavo dia. O Time Brasil somou mais uma medalha em Tóquio com a conquista do bronze histórico no tênis de duplas feminino, Luisa Stefani e Laura Pigossi chegaram ao terceiro lugar após uma virada incrível no super tie-break. No vôlei feminino, vitória brasileira sobre as campeãs mundiais. Já no handebol feminino, brasileiras sofrem a segunda derrota seguida. Veja o resumo do que aconteceu entre a noite de sexta-feira, 30, e a madrugada de sábado, 31, enquanto você dormia.

O dia 8 de competições ainda contou com bons resultados para o Brasil no atletismo, eliminação no Judô e desistência de Simone Biles das finais do salto e barras assimétricas em Tóquio. No tênis, Djoko perdeu a disputa pelo bronze.

Bronze histórico no tênis
As brasileiras Luisa Stefani e Laura Pigossi conquistaram o primeiro bronze da história do tênis brasileiro nos Jogos Olímpicos. A medalha veio após vencerem a disputa contra a dupla representante do Comitê Olímpico Russo. Na madrugada deste sábado, 31, as brasileiras bateram as russas Elena Vesnina e Veronica Kudermetova por 2 sets a 1 após uma virada histórica (parciais de 4/6, 6/4 e 11/9).

Brasil bate campeãs mundiais no vôlei
A seleção feminina de vôlei venceu a equipe sérvia por 3 sets a 1, parciais 25/20, 25/16, 23/25 e 25/19. O jogo foi válido pela penúltima rodada da fase de grupos, com o resultado, as brasileiras ultrapassaram as atuais campeãs mundiais na classificação. O Brasil fecha a fase de classificação na próxima segunda-feira, às 9h45, contra o Quênia.

Segunda derrota do Brasil no handebol feminino
A Seleção Feminina de handebol teve sua segunda derrota nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Na madrugada deste sábado, 31, as brasileiras perderam por 34 a 31 para a Suécia.Neste domingo, 1, às 23h, a Seleção Brasileira volta à quadra para enfrentar as francesas, atuais vice-campeãs olímpicas.

Simone Biles fora das finais
A ginasta americana Simone Biles não vai participar das finais do salto e barras assimétricas no domingo, 1. O anúncio foi feito na noite desta sexta-feira, 30, pela Federação Americana de Ginástica.A americana, que conquistou cinco medalhas na Rio 2016, explicou que precisava proteger sua saúde mental.

Brasil na final do lançamento de disco
A brasileira Izabela da Silva conseguiu classificação à final do lançamento de disco nas Olimpíadas de Tóquio. Ela arremessou para a distância de 61,52 metros e ficou com a 12ª melhor marca. Como 12 competidoras passam para a decisão, ela está classificada para a decisão que ocorre na segunda-feira, 2, às 8 horas da manhã.

Brasil eliminado na disputa por equipes no judô
Durante a madrugada, o Brasil perdeu nas quartas de final do judô por equipes mistas em Tóquio 2020. A derrota para a equipe holandesa levou o Brasil para a repescagem contra os judocas de Israel. Entretanto, mais uma vez, os brasileiros acabaram derrotados e deixaram os Jogos Olímpicos.

Brasil avança no boxe
Wanderson de Oliveira irá disputar as quartas de final do boxe olímpico. Na manhã deste sábado, 31 o lutador carioca bateu o bielorrusso Dzmitry Asanou por decisão dividida (3 a 2), a luta foi válida pelas oitavas de final da categoria leve (até 63kg). Como no boxe, não há disputa de terceiro lugar, o brasileiro está a uma luta de garantir medalha.

Djokovic perde disputa do bronze
O bronze conquistado na Olimpíada de Pequim 2008 segue sendo a única medalha olímpica conquistada por Novak Djokovic. O número um do mundo foi derrotado pelo espanhol Pablo Carreno Busta, neste sábado, 31, no jogo que valia a disputa do terceiro lugar pelo torneio simples de tênis.O espanhol bateu o sérvio por 2 sets a 1 (parciais de 6/4, 6/7 e 6/3).

Fratus na final dos 50m livres
O brasileiro Bruno Fratus terminou na 2ª colocação na prova da semifinal de Tóquio 2020. Ele ficou em terceiro lugar geral e assim disputará a grande final da modalidade, que acontecerá neste domingo, 1º de agosto, às 22h30. Fratus foi finalista nos Jogos de Londres, em 2012, do Rio de Janeiro, em 2016.

Derrota na praia, mas vaga nas oitavas
Ainda na noite da sexta-feira, 30, Ana Patrícia, que faz dupla com a cearense Rebecca, entraram em quadra pelo vôlei de praia nas Olimpíadas de Tóquio para enfrentar as estadunidenses Claes e Sponcil pela terceira rodada da fase de grupos. As brasileiras venceram o primeiro set por 21 a 17, mas perderam os dois seguintes, por 21 a 19 e 15 a 11. Mesmo com a derrota, a dupla do Time Brasil conseguiu avançarna competição.

Thiago Braz na final do salto com vara
Thiago Braz está na final da prova nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O paulista e atual campeão do salto com vara fez 5,75m de marca na eliminatória, avançando à decisão, que acontece na terça-feira, 3, a partir das 7h20. O também brasileiro Augusto Dutra não conseguiu se classificar ao falhar nas três tentativas para 5,75m, na mesma prova. Ele terminou em oitavo no grupo A com 5,65m de marca.

Martine e Kahena com chance de medalha
Martine Grael e Kahena Kunze, campeãs olímpicas na Rio 2016,avançaram à Medal Race da classe 49er FX. Após as três regatas nas Olimpíadas de Tóquio, a dupla fechou a fase de classificação em segundo lugar e vai entrar em boa posição na regata decisiva pela medalha na segunda-feira, 2, às 2h30.

Brasil eliminado no tiro com arco
Marcus D'Almeida acabou eliminado pelo número 4 do mundo, o italiano Mauro Nespoli, por 6 a 0. O atleta foi o primeiro brasileiro arqueiro a garantir vaga nas oitavas de final do tiro com arco masculino em Olimpíadas. Em Tóquio 2020, Marcus teve duas vitórias até a derrota na noite desta sexta-feira, 30.

O Povo Online