Butantan pede à Anvisa autorização para aplicar a Coronavac em menores de idade

Butantan pede à Anvisa autorização para aplicar a Coronavac em menores de idade


O Instituto Butantan enviou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) um pedido para ampliar a faixa etária de indicação do imunizante Coronavac. O objetivo do instituto é incluir crianças e adolescentes -- na faixa de 3 a 17 anos -- na bula da vacina. Atualmente, o imunizante produzido pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Butantan, tem autorização para uso emergencial no Brasil para pessoas maiores com 18 anos ou mais, desde 17 de janeiro.

Para que a aplicação da vacina seja estendida ao público menor de idade, o laboratório produtor dos imunizantes deve solicitar à agência reguladora e apresentar estudos que demonstrem a relação de segurança e eficácia para determinada faixa etária. Os estudos podem ser conduzidos no Brasil ou em outros países. No caso da Coronavac, os estudos foram conduzidos fora do território nacional.

Vacinação de menores de idade
A única vacina contra Covid-19 aprovada pela Anvisa para menores de 18 anos, até agora, é a da Pfizer, que tem indicação em bula para uso a partir de 12 anos de idade. Já a Janssen recebeu o aval da agência reguladora do Brasil para inciar esses estudos, mas as pesquisas ainda estão em andamento.

CNN Brasil